quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Varadero - Um outro aspecto de Cuba

I - Varadero, o lado turístico de Cuba


Praia de Varadero


Situada a cerca de 100 km da capital Havana, Varadero  é um balneário de cerca de 2.000 habitantes com uma praia com toda a beleza que constitue a fama das praias do Caribe. Areias brancas, águas calmas e transparentes, com colorido variando do verde ao azul, Varadero tem ao longo de sua costa cerca de 52 hotéis de alto padrão incluindo vários resorts com o regime "all included". 


II - As belezas naturais de Varadero


A  praia de águas claras e calmas torna Varadero um lugar ideal para a prática de esportes náuticos. Varadero conta com várias opções partindo de  pedalinho, caiaque, catamarã, wind surf, mergulho com snorkel, até mergulho com tanques de oxigênio. A maioria dos esportes estão disponíveis na praia em frente dos hotéis, sendo que alguns deles já estão incluído na diária.

Pedalinhos e Caiaques na praia de Vardero

    
Com um pôr do sol maravilhoso, a grande atração de Varadero em todos os aspectos é a sua praia. Com um sol de fevereiro com temperatura agradável, temos tempo bom até o alto verão de julho. O programa básico, como não poderia deizar de ser,  é deitar na praia, apreciar as suas belezas e desfrutar de um "mojito" e um pouco da salsa cubana.

Pôr do Sol em Varadero

Pelicanos
Sem incomodar ninguém os pelicanos fazem um espetáculo a parte com o seus vôos em busca de peixes. Com convivência pacífica, podemos até dizer que eles já estão "domesticados", tal o seu grau de intimidade com o pessoal local.

Catamarã / Caiaque / Wind-surf

Nas águas transparentes de Varadero, não se pode deixar de fazer um passeio de catamarã, na costa em frente dos hotéis, ou até um pequeno deslocamento para mergulho com snorkel para ver os peixes e corais da região.



Outras opções como pedalinho, caiaque e wind-surf estão disponveis em frente do hotéis.






III - A vila de Varadero


Como dissemos anteriormente, Varadero é um pequeno povoado de cerca de 2.000 habitantes. Com um pequeno comércio local onde se encontram restaurantes, artesanatos e mercadinhos, a vida de Varadero gira em torno do turismo. Alguns hotéis no início da ilha, com um preço mais acessível, tem as suas refeições opcionais, abrindo espaço para um pequeno comércio na ilha. No final da orla estão localizados os resorts mais sofisticados com o regime  " all inclusive".



Início do povoado de Varadero


IV - Os Hotéis em Varadero


Com cerca de 52 hotéis na sua orla Varadero tem hospedagem para todos os gostos. As cadeias espanholas Iberostar e Melia tem vários hotéis em variados padrões. Para um melhor conhecimento consulte o site do Tripadvisor no link abaixo:
 https://www.tripadvisor.co.uk/Hotels-g147275-Varadero_Matanzas_Province_Cuba-Hotels.html

As fotos abaixo são do Paradisus Varadero Resort


V - Dicas de Viagem


a) Quando ir

Todo o período de janeiro a agosto é bem indicado. Em janeiro e fevereiro são os meses mais agradáveis e em julho é o mês de verão pelno. Entre outubro e dezembro é a temporada de furacões, tufões e tornados e não é recomendável. 

b) Como ir

Partindo do Brasil, a maneira mais recomendável é pegar um vôo para Havana, fazer uma parada de dois a três dias para conhecer a capital e então pegar um carro ou ônibus para ir para Varadero. A Copaairlines faz voos para Havana com escala no Panamá. O vôo tem a duração aproximada de 10 horas. De Havana para Varadero,  um táxi exclusivo tem  o custo aproximado de US$ 100,00 e o trajeto toma cerca de duas horas.

O site da Copa é www.copaair.com


c) Onde ficar 

Como tem muitas opções de hotel o ideal é escolhe de acordo com as facilidades e orçamento. Consultar o site do tripadvisor:
 https://www.tripadvisor.co.uk/Hotels-g147275-Varadero_Matanzas_Province_Cuba-Hotels.html


d) O que fazer

O programa de Varadero é curtir praia, pegar um sol e tomar mojitos. Ideal para descansar, fazer esportes nauticos e conhecer uma das praias do caribe.


VI - Referências

- Notas de Viagem
- Tripadvisor:
 https://www.tripadvisor.co.uk/Tourism-g147275-Varadero_Matanzas_Province_Cuba-Vacations.html

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Mercado Municipal de São Paulo - Vai um sanduíche de Mortadela ?

1. - Guardando as tradições


Localizado na na Rua da Cantareira, 306, próximo à Rua 25 de Março e ao Parque Dom Pedro II, o Mercadão Municipal de São Paulo é uma excelente opção de visita para quem quer conhecer um pouco da história gastronômica de São Paulo e saborear alguns dos pratos e petiscos mais apreciados do paulistano. Destacam-se entre estes o Sanduíche de Mortadela, o Pastel de Bacalhau e nas refeições, pratos como o Virado à Paulista

O mercado é ainda uma excelente opção para compra de iguarias como bacalhau do porto, frutas de qualidade, petiscos como castanhas, nozes, e ainda mais de uma centena de variedade de temperos. 
A única observação é que na atualidade, o mercado municipal de São Paulo, diferentemente de mercados como os de Belo Horizonte, Fortaleza ou Belém, não são mercados utilizados pelo paulistano na compra das suas necessidades de dia a dia. Portanto um numero menor de pessoas o frequentam hoje em dia. Eles são sobretudo turistas ou paulistanos com visita ou procurando alguma coisa especial.

Vista frontal do Mercado Municipal

 2. - História do Mercado


Antes da construção do Mercado Municipal, cuja inauguração se deu em 25 de janeiro de 1933, os comerciantes vendiam seus produtos ao ar livre no mercado velho da rua 25 de março. 

Em 1924, com o crescimento da cidade foi aprovada a lei autorizando a construção de um novo mercado. Um dos objetivos da construção do grandioso edifício, era consolidar a imagem de "Metrópole do Café"

O responsável pela construção foi o arquiteto português  Francisco de Paulo Ramos de Azevedo (1851 a 1928) cujo escritório elaborou também os projetos do teatro Municipal, palacio das industrias, Pinacoteca, Correios e o Colégio Síon. 


O prédio conta com fachada sóbria utilizando colunas de estilo grego / jônico. Claraboias, vitrais e telhas de vidro criam uma iluminação natural complementando o conjunto. 



Os vitrais são uma obra de arte a parte e foram executados pelo artista russo Conrado Sogerncht Filho. Neles se podem ver o trabalho dos colonos nas tarefas de cultivo e colheita e também na criação de gados e aves.





O mercado ficou pronto em 1932 mas devido a Revolução Constitucionalista os primeiros produtos armazenados foram armas e munições. 

Finalmente em 25 de janeiro de 1933 o Mercado foi inaugurado com uma área de 12.600 m2 quando a cidade de São Paulo já contava com uma população de cerca de um milhão de habitantes. 

Fonte: https://www.prefeitura.sp.gov.br/portal/a_cidade/historia

3. - As atrações do mercado


   3.1 - As iguarias especiais


Bacalhau

O mercado é uma opção para se comprar boas peças de bacalhau do porto. As mercadorias são embaladas a vácuo e podem ser transportadas e não exalam qualquer odor.


Embutidos / Queijos / Petiscos 

A área de embutidos oferece uma larga variedade de queijos, presuntos e mortadelas.

Na área de petiscos pode se adquirir castanhas, nozes, amêndoas, ...,.



Frutas Diversas

- Frutas selecionadas de toda variedade podem ser encontradas em uma das poucas bancas existentes. São poucas mas de grande variedade e qualidade.





3.2 - Os Lanches Tradicionais


Bar do Mané

O bar do Mané é um dos locais mais tradicionais  do mercado. Nele podemos apreciar o pastel de bacalhau, o chope gelado e o campeão de audiência:        
             O Sanduíche de Mortadela


           






O Armazém

Essa é uma outra opção de sanduiches de mortadela, e outros embutidos;

3.3 - O Mezanino e os Restaurantes

Espaço Gourmet - Mezanino


A área do espaço gourmet fica bastante movimentada na hora do almoço. Os locais mais famosos são o Hocca bar, Mortadela Brasil, e Brasileirinho. Além do sanduíche de mortadela é possível comer qualquer tipo de prato nessa área. Um dos destaques vai para o tradicional "Virado à Paulista", constituído de bisteca de porco, linguiça, ovo frito, tutu a mineira, couve e arroz. O chope bem gelado é companhia indispensável.


Virado à paulista
Concluindo: Se você quer fazer um passeio diferente, comprar algo especial para sua cozinha ou simplesmente tomar um chope bem tirado e comer petiscos / pratos saborosos por preços razoáveis, vá ao mercado municipal.

4. - Referências


site do prefeitura:  https://www.prefeitura.sp.gov.br/portal/a_cidade/historia
site do mercado: https://www.mercadomunicipal.com.br/