quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Marisa Monte e Eça de Queiroz - "Amor I Love You"

I - Eça de Queiroz


"Filho de mãe portuguesa e pai brasileiro, Eça de Queirós nasceu em Portugal. Seus pais, José Maria Teixeira de Queirós e Carolina Augusta Pereira d’Eça só se casaram quando o escritor estava com quase quatro anos. Devido à posição social superior da mãe, a família não aceitava a união.  
Com características realistas, uma de suas obras mais importantes foi “O Crime do Padre Amaro”, publicado em 1875, e “Os Maias”, em 1888. O jovem Eça de Queirós estudou Direito na Universidade de Coimbra, seguindo os passos do pai. Por lá, conheceu o também escritor Antero de Quental e começou a publicar seus textos na revista “Gazeta de Portugal”. Durante o curso, teve relação com o grupo “Escola de Coimbra”, que apresentou o realismo à Portugal. 
Formado em 1866, passou a atuar como advogado e jornalista em Lisboa. Chegou a criar uma publicação, a “Revista de Portugal”. Trabalhou também em diferentes períodicos, como “Gazeta de Portugal”, “Diário Ilustrado”, “Diário de notícias” e “Correspondência de Portugal”. O escritor ainda foi cônsul de Portugal em Havana, Newcastle, Bristol e Paris, onde permaneceu até a sua morte em 1900.
Na vida pessoal, teve quatro filhos com Emília de Castro, com quem se casou quando já tinha 40 anos."
Fonte: educacao.globo.com


II - Primo Basilio


a) Romance


O Primo Basílio é um romance publicado em 1878, e constitui uma análise da família burguesa urbana no século XIX.

O autor, que já criticara a província em O Crime do Padre Amaro, volta-se agora para a cidade, a fim de sondar e analisar as mesmas mazelas, desta vez na capital: para tanto, enfoca um lar burguês aparentemente feliz e perfeito, mas com bases falsas e igualmente podres. A criação dessas personagens denuncia e acentua o compromisso de O Primo Basílio com o seu tempo: a obra deve funcionar como arma de combate social. A burguesia — principal consumidora dos romances nessa época — deveria ver-se no romance e nele encontrar seus defeitos analisados objetivamente, para, assim, poder alterar seu comportamento.



As personagens de O Primo Basílio podem ser consideradas o protótipo da futilidade, da ociosidade daquela sociedade.



Resumo do Livro


http://educacao.globo.com/literatura/assunto/resumos-de-livros/o-primo-basilio.html


"Jorge e Luísa formam um jovem casal pertencente à burguesia de Lisboa. Convivem com um círculo de amizades formado, entre outros, pelo Conselheiro Acácio, homem apegado a convenções sociais; Dona Felicidade, que nutre uma ardente paixão por ele; e Sebastião, o melhor amigo de Jorge.  
Jorge parte para uma viagem de trabalho. Durante sua ausência, Luísa recebe a visita de um antigo namorado de juventude, seu primo Basílio, residente em Paris. Admirado com a beleza da moça, Basílio envolve Luísa em um jogo de sedução, que faz com que ela se imagine vivendo uma das aventuras amorosas de suas leituras românticas. Eles se tornam amantes, passando a trocar bilhetes e cartas de amor. Luísa encontra estímulo na amiga Leopoldina, mulher casada, colecionadora de casos extraconjugais. Toda a movimentação da casa é observada pela governanta Juliana, sempre às voltas com planos de enriquecimento rápido.  
Juliana (funcionária de Luísa) se apodera de algumas cartas trocadas entre os amantes e passa a chantagear a patroa. Luísa expõe um plano de fuga a Basílio, mas este se recusa a segui-lo e retorna a Paris. 
Jorge chega da viagem e Luísa continua a sofrer o assédio de Juliana, que exige uma grande quantia em dinheiro para devolver-lhe as cartas. Para conter seus ímpetos, Luísa se vê obrigada a conceder à empregada uma série de privilégios.
Jorge se apercebe do que acredita ser desprezo de Juliana pelo trabalho e resolve demiti-la. Juliana exige o dinheiro da chantagem e Luísa apela então para Sebastião. Ele escuta toda a história do adultério e fica horrorizado, mas resolve ajudar a amiga. Vai até a casa de Jorge em um momento em que Juliana está só e, com ameaças de prisão, obtém as cartas. Vendo escapar-lhe o sonho de enriquecimento, Juliana tem uma síncope e morre. Sebastião entrega as cartas a Luísa.  
Luísa adoece. Jorge apanha, em meio à correspondência, uma carta de Basílio. Imaginando que a causa da doença da esposa seja algum problema familiar de cujo conhecimento ela o poupa, Jorge abre a carta. Nela, Basílio relembra os bons momentos passados no Paraíso. Quando a esposa melhora, Jorge lhe mostra a carta de Basílio. Luísa sofre um choque e, alguns dias depois, morre. 

Resumo da Obra - Trechos do Filme

Abaixo publicamos um belo trabalho escolar publicado no Youtube. Estão de parabéns os alunos e professores.

Publicado em 30 de set de 2013

Trabalho Escolar do 3º1

Escola: Profª Magdalena Sanseverino Grosso - Artur Nogueira-SP

Grupo: Tainá Galvão, Bruno Eduardo, Bruno Martins, Mateus Souza, Lucas Menezes

Carregado no Youtube por Taiane G.

           Resumo escolar da obra O Primo Basílio, com trechos do filme produzido 

Filme  


Primo Basílio é um filme brasileiro do gênero drama, dirigido por Daniel Filho, e cuja estreia ocorreu em 10 de agosto de 2007. O roteiro, uma clássica trama de adultério, foi escrito por Euclydes Marinho, baseada no romance O Primo Basílio, de Eça de  Queirós em 1878.  



O filme foi produzido pela Globo Filmes e lançado comercialmente em 6 de março de 2008. O elenco tem como atores principais Gloria Pires, Débora Falabella, Fábio Assunção e Reynaldo Gianecchini. 



Também o mesmo diretor dirigiu a minissérie homônima que foi ao ar pela Rede Globo em 1988.

Minisérie


A minisérie "O Primo Basílio" foi produzida pela Rede Globo e exibida entre 9 de agosto e 2 de setembro de 1988.

Escrita por Gilberto Braga e Leonor Bassères, tendo por base a obra de Eça de Queiroz, e dirigida por Daniel Filho. O elenco era composto por Marcos Paulo, Giulia Gam, Marilia Pera, Tony Ramos, Louise Cardoso e outros. 


Poema incluído na música de Marisa Monte


Declamado por Arnaldo Antunes (retirado de "Primo Basílio"- Eça de Queiroz, 1878):



Tinha suspirado, tinha beijado o papel devotamente! 

Era a primeira vez que lhe escreviam aquelas sentimentalidades, 

e o seu orgulho dilatava-se ao calor amoroso que saía delas, 

como um corpo ressequido que se estira num banho tépido; 

sentia um acréscimo de estima por si mesma, 

e parecia-lhe que entrava enfim numa existência superiormente interessante, 

onde cada hora tinha o seu encanto diferente, 
cada passo conduzia a um êxtase, 
e a alma se cobria de um luxo radioso de sensações!


III - Marisa Monte



Marisa de Azevedo Monte  é uma cantora nascida no Rio de janeiro em 1 de julho de 1967. Ela também compositora, instrumentista e produtora musical brasileira de música pop e samba. Marisa já vendeu mais de 10 milhões de álbuns e ganhou inúmeros prêmios nacionais e internacionais, incluindo quatro Grammy Latino, sete Video Music Brasil, nove Prêmio Multishow de Música Brasileira, cinco APCA e seis Prêmio TIM de Música.  Ela também tem dois álbuns (MM e Verde, Anil, Amarelo, Cor-de-Rosa e Carvão) na lista dos 100 melhores discos da música brasileira. 





IV - Amor I Love You 


"Amor I Love You" é uma canção da cantora brasileira Marisa Monte, que faz parte do terceiro álbum de estúdio, Memórias, Crônicas e Declarações de Amor. A canção foi lançada como primeiro e único single do álbum, chegando à segunda posição no Brasil, ocupando a vice-liderança das canções mais tocadas de 2000. "Amor I Love You" foi composta em parceria com Carlinhos Brown, a parte recitada por Arnaldo Antunes é um trecho do livro O Primo Basílio de Eça de Queirós.



"Amor I Love You" ganhou um prêmio no Video Music Brasil na categoria de "Melhor videoclipe de MPB" e recebeu uma indicação ao Grammy Latino, na categoriaMelhor Canção Brasileira. A canção foi tema da novela Laços de Família, sendo tema de Cintia e Pedro.



Amor I Love You (Letra de Carlinhos Brown)


Deixa eu dizer que te amo
Deixa eu pensar em você
Isso me acalma me acolhe a alma
Isso me ajuda a viver

Hoje contei pra as paredes
Coisas do meu coração
Passeei no tempo
Caminhei nas horas
Mais do que passo a paixão
É um espelho sem razão
Quer amor fique aqui
Meu peito agora dispara
Vivo em constante alegria
É o amor quem está aqui

Amor I love you (4x)



V - Referências


a) Eça de Queiroz - educacao.globo.com e wikipedia

b) Primo Basilio: 

http://educacao.globo.com/literatura/assunto/resumos-de-livros/o-primo-basilio.html)

Trabalho Escolar do 3º1 - Escola: Profª Magdalena Sanseverino Grosso- Artur Nogueira-SP

filme e minisérie - wikipedia

c) Marisa Monte - 

wikipedia e site oficial


d) Amor I Love You 

youtube: https://www.youtube.com/watch?v=hQuA2x2Qoo4, carregado por nara rodrigues.

Nenhum comentário:

Postar um comentário