quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Quase Nada - parceria de Alice Ruiz e Zeca Baleiro

I - Alice Ruiz



                      Foto: Christian Franz
Alice Ruiz, nascida em Curitiba, 22 de janeiro de 1946, é uma poeta e tradutora brasileira. Começou a escrever na adolescência, mas durante muitos anos divulgou seus poemas apenas em revistas e jornais. Publicou seu primeiro livro aos 34 anos de idade. Foi casada com o também poeta Paulo Leminski, com quem teve três filhos: Miguel Ângelo Leminski, Áurea Alice Leminski e Estrela Ruiz Leminski.


Em 2009, recebeu o Prêmio Jabuti pelo livro Dois em Um.

Alice Ruiz tornou-se conhecida por seus versos na forma de haikai que é um poema escrito em linguagem simples, sem rima, estruturado em três versos que somem dezessete sílabas poéticas; cinco sílabas no primeiro verso, sete no segundo e cinco no terceiro. Entretanto, sua obra não é restrita a esse estilo poético como se vê na sua lista de obras.


Obras publicadas: Navalhanaliga (1980) ; Paixão Xama Paixão (1983); Pelos Pêlos (1984); Hai-tropikai (1985); Rimagens (1985); Nuvem Feliz (1986); Vice Versos (1988) ; Desorientais (1996) ; Haikais (1998) ; Poesia Pra Tocar no Rádio (1999) e Yuuka (2004).


Alice Ruiz também escreve poemas e letras para serem musicadas. Além de "Quase Nada", ressaltamos, entre outras, "Socorro" musicada por Arnaldo Antunes . 


Em 2005, Alice Ruiz lançou o primeiro disco de autoria com o título de Paralelas, e que traz suas parcerias inéditas com Alzira Espídola interpretadas por Alzira, Zélia Duncan e Arnaldo Antunes, além de intercalações poéticas com a própria Alice.

II - Poema Quase Nada


de você sei quase nada
pra onde vai ou porque veio
nem mesmo sei
qual é a parte da tua estrada
no meu caminho
será um atalho
ou um desvio
um rio raso
um passo em falso
um prato fundo
pra toda fome que há no mundo
noite alta que revele
o passeio pela pele
dia claro madrugada
de nós dois não sei mais nada
se tudo passa como se explica
o amor que fica nessa parada
amor que chega sem dar aviso
não é preciso saber mais nada


III - Zeca Baleiro




José Ribamar Coelho Santos (Arari, 11 de abril de 1966), natural de São Luís, Maranhão, mais conhecido como Zeca Baleiro, é um cantor, compositor, cronista, e músico brasileiro de MPB. 

Transferiu-se para São Paulo onde lançou sua carreira. Zeca canta, toca violão e já teve suas composições interpretadas por Simone, Gal Costa, Elba Ramalho,Vange Milliet, Adriana Maciel, Luíza Possi, Rita Ribeiro, Renato Braz e Claudia Leitte. 

Em 2011, lançou um livro de crônicas intitulado Bala na agulha.  

Seu disco mais recente chama-se "Era Domingo" de 2016.

(foto ao lado produzida pela TV Brasil)

O nome José de Ribamar é uma homenagem a São José de Ribamar, santo dos maranhenses. O apelido - Baleiro - vem do fato de Zeca consumir balas entre as aulas, durante o curso de Agronomia. É o que pode ser percebido nas próprias palavras do Zeca:

 "Sempre fui um grande consumidor de doces, balas e toda sorte de guloseimas. Quando ingressei na universidade, entre uma aula e outra, saboreava minhas balas. Quando alguém desejava comer uma, vinha até mim. Daí para começarem a me chamar de baleiro foi um passo. Confesso que a princípio aquilo não soava bem aos meus ouvidos. "



Zeca Baleiro tornou-se conhecido pela sua música "Flor da Pele" em que ele cantou junto com Gal Costa em uma inserção na música "Vapor Barato" de Jards Macalé. A música fez parte do seu primeiro disco solo "Por onde andará Stephen Fry ?" lançado em 1997. 


O seu primeiro disco de sucesso entretanto foi "Vô Imbolá", lançado em 1999. A música""Quase Nada" foi lançada no disco "Líricas" de 2000.

Com treze discos lançados, um deles em parceria com Fagner, em 2003, o seu disco mais recente chama-se "Era Domingo", lançado em 2016.

Para conhecer a sua obra o disco "Perfil" de 2003 traz seus melhores sucessos até aquela data. O disco contém a divertida música "samba do aproach", e ainda, "flor da pele", "quase nada", "lenha", "bicho de sete cabeças", ...,.

IV - Músicas - 


- "Quase Nada" - Disco Líricas - ano 2000


Letra: Alice Ruiz
Música: Zeca Baleiro





V - Referências


Wikipedia: Alice Ruiz / Zeca Baleiro
Youtube: Quase Nada - Zeca Baleiro
Invenção - Alice Ruiz: http://www.ihuonline.unisinos.br/index.php?option=com_content&view=article&id=2193&secao=275



Nenhum comentário:

Postar um comentário