sábado, 13 de fevereiro de 2016

Monet ou Manet ? Ambos ! (Impressionismo II)

I - Claude Monet



Claude Monet nasceu em Paris, em 14 de novembro de 1840.  Seu pai, Claude - Auguste, tinha uma mercearia modesta. Aos cinco anos, sua família mudou-se para Le Havre, na Normandia. Seu pai desejava que Claude continuasse no comércio da família, mas ele desejava pintar. Foi a sua tia Marie-Jeanne Lecadre que o apoiou a seguir a carreira artística, pois ela também foi pintora.


Em 1851, Monet entrou para a escola secundária de artes e acabou se tornando conhecido na cidade pelas caricaturas que fazia. Nas praias da Normandia, Monet conheceu, por volta de 1856, Eugène Boudin, um artista que trabalhava extensivamente com pintura ao ar livre nessas mesmas praias, e que lhe ensinou algumas técnicas ao ar livre.

Em 28 de janeiro de 1857, sua mãe morreu e, aos 16 anos, Monet abandonou a escola e foi morar com sua tia Marie-Jeanne Lecadre.


Em 1857, Monet foi para Paris estudar pintura, e foi aí que conheceu a sua primeira mulher, Camille Monet, a quem retratou muitas vezes, em quadros onde ela aparecia mais do que uma vez na mesma pintura.

                 "Impressão, nascer do Sol", 1872 - Museu Marmottan - Monet, Paris


Origem da expressão "Impressionismo"

O termo impressionismo surgiu de uma crítica pejorativa, feita ao seu quadro "Impressão do Sol'' pelo pintor e escritor Louis Leroy: "Impressão, nascer do Sol” – eu bem o sabia! Pensava eu, justamente, se estou impressionado é porque há lá uma impressão. E que liberdade, que suavidade de pincel! Um papel de parede é mais elaborado que esta cena marinha...,.  A expressão foi usada originalmente de forma pejorativa, mas Monet e seus colegas adotaram o título, sabendo da revolução que estavam iniciando na pintura.



II - Características da Pintura Impressionista


O Impressionismo foi um movimento artístico que revolucionou profundamente a pintura e deu início ás grandes tendências da arte do século XX. 

Os pintores impressionistas procuraram, com base na observação direta do efeito da luz slar sobre os objetos, registrar em suas telas as constantes alterações que essa luz provoca nas cores da natureza.

Algumas características gerais da pintura impressionista:

-A pintura deve registrar a tonalidades que os objetos adquirem ao refletir a luz solar e um determinado momento, pois elas mudam constantemente de acordo com  incidência do sol. 

- As figuras não devem ter contornos nítidos poi a linha é uma abstração do ser humano para representar as imagens.

- As sombras devem ser luminosas e coloridas, tal como é a impressão visual que nos causam.


- As cores e tonalidades não devem ser obtidas pela mistura de tintas. Elas devem ser puras e dissociadas no quadro em pequenas pinceladas.

Obs : Texto do livro "História da Arte de Graça Proença". Excelente Material.


III - Primeiras Obras (~1869)


Em 1859 Monet mudou-se para Paris. Frequentava a academia suíça de Paris e principal-mente o museu do Louvre, onde copiava os grandes pintores. Em 1861 foi obrigado a servir no Exército na Argélia. Sua tia Lecadre concordou em conseguir sua dispensa do serviço caso Monet se comprometesse a cursar arte na universidade. Deixou o exército, mas não lhe agradou o tradicionalismo da pintura acadêmica.


Decepcionado com o ensino da pintura acadêmica na Universidade, em 1862 ele foi estudar artes com Charles Gleyer em Paris, onde conheceu Camille Pissarro e Gustave Courbet. Juntos desenvolveram a técnica de pintar o efeito das luzes com rápidas pinceladas, o que mais tarde seria conhecido como impressionismo.



           Os banhistas de Grenouille, 1869 -
Mulheres no Jardim - 1866, Museu d'Orsay

Mulheres no Jardim - O quadro de 1866, retrata o quotidiano burguês de quatro senhoras, que ocupam a sua manhã a colher flores no jardim, sob a sombra das árvores. Nesta cena primaveril, é notável a habilidade de Claude Monet na representação do traje feminino. No quadro o artista também explora intensamente a luz, mostrando um exímio jogo lumínico, estudo que lhe seria muito útil durante o seu percurso impressionista, iniciado poucos anos mais tarde.



O quadro foi relativamente bem recebido no Salon, ao contrário de "Impressão, nascer do sol",  apresentado ao público anos mais tarde.


Os banhistas de Grenouille - O quadro foi pintado por Claude Monet no Verão de 1869, quando da sua estadia em Bougival.


Nesse período, Monet e a sua esposa e filho fixaram-se no local, perto de La Grenouillère. Trabalhando lado a lado com Pierre-Auguste Renoir, Monet pintou preferencialmente este tipo de cenas pouco quotidianas, mas muito populares na sociedade parisiense. Hoje, a tela encontra-se na National Gallery of London, em Londres, no Reino Unido.



"O Magpie (pássaro pega)", 1869, é uma das 140 paisagens de neve produzidas por Monet. 

A tela de "O Magpie" retrata um pássaro solitário empoleirado em um portão, com a luz do sol brilhando em cima da neve recentemente caída criando sombras azuis. A pintura caracteriza um dos primeiros exemplos de uso de Monet de sombras coloridas , que mais tarde se tornariam associado ao movimento impressionista. Monet e os impressionistas usaram sombras coloridas para representar o real, mudanças nas condições de luz e sombra, como visto na natureza, desafiando a convenção acadêmica de pintar sombras pretas. Esta teoria subjetiva da percepção da cor foi introduzido ao mundo da arte através das obras de Johann Wolfgang von Goethe e Michel Eugène Chevreul no início do século.


Obs: Na época, o uso inovador de Monet de luz e cor levou à sua rejeição pelo Salão de Paris de 1869. Hoje, os historiadores da arte classificam The Magpie como um dos melhores quadros de paisagem nevada de Monet. A pintura era propriedade privada até que o Musée d ' Orsay a adquiriu em 1984; é considerada uma das pinturas mais populares em sua coleção permanente.

IV - Pinturas de 1872 e 1873 - Barcos e Campos


Monet e sua família se mudam para uma boa casa, em Argenteuil, perto do Rio Sena em dezembro de 1871. Nessa época, já em condições financeiras um pouco melhor, Monet adquire um barco-oficina, onde passa longo tempo estudando as nuances das cores e o reflexo da luz na superfície da água. Os barcos são um tema recorrente na obra de Monet. Essa tela retrata exatamente este período, que serviu de inspiração para muitas de suas obras. (http://monetimpressionista.blogspot.com.br)



                     "Regata em Argenteuil"  - 1872 - Museu d'Órsay, Paris



                     "As Papoulas em Argenteuil", 1873- Museu d'Orsay em Paris


Monet vivia em Argenteuil, e estava com 33 anos quando pintou esse quadro. Intitulado "Papoulas" ou "Papoulas, passeio", esse quadro foi apresentado no ano seguinte na primeira exposição impressionista. A reação do público não foi muito favorável, pois para a época, parecia um quadro inacabado, com pinceladas rápidas e sem feições e traços definidos. 
O quadro apresenta um vasto campo com papoulas,principalmente no lado esquerdo. O plano de fundo é composto por ma fileira de árvores com uma casa. A mãe e filha criam a estruturação oblíqua. A mulher em primeiro plano provalvemente é Camile Doncieux, esposa do artista,acompanhada elo jovem Monet, nascido em 1867, então com seis anos de idade. 

O Passeio ou Moça com Sombrinha, 1875
Galeria de Arte Nacional

Fortemente e rapidamente realizada, esta pintura provavelmente foi criado em uma única sessão. A representação por Monet do momento capturado no tempo é acentuada pela espontaneidade do projeto de lei e cores brilhantes. O céu foi pintado de forma rápida, com diferentes direções de características de tamanho e tiras largas a partir do canto inferior esquerdo visível.  A grama é pintada com golpes curtos em vários tons de verde, azul, amarelo e vermelho: as amplas passagens azul-verde são utilizados para sombra e verde mais claro em áreas ensolarada.


Obs: Monet retorna ao tema da mulher com sombrinha, em pé sobre uma colina, dez anos depois, em um par de pinturas executadas no verão de 1886 em Giverny e que estão no Museu d'Orsay. A inspiração para estas pinturas era a imagem de Suzanne, uma filha de seus amigos Alice e Ernest Hoschede.


IV - Ninféias


Lírios de água (ou Nymphéas em Francês) é uma série de aproximadamente 250 pinturas a óleo realizadas pelo francês impressionista Claude Monet (1840-1926). As pinturas de Monet retratam o jardim de flores de sua residência em Giverny e foram o foco principal da produção artística de Monet durante os últimos trinta anos de sua vida. Muitas das obras foram pintadas, enquanto Monet sofria de catarataClaude Monet, pintor e jardineiro, morou neste local, com sua esposa e 8 filhos,  por 43 anos, de 1883 até morrer em 1926.

                                   O lago de Nenufáres (Nimphéas), 1897-1899 - 




Museu Orangerie, Paris (http://www.musee-orangerie.fr)

O museu Orangerie abriga oito composições das grandes Nympheas de Monet, feitos a partir de diferentes painéis unidos uns aos outros. Estas composições têm a mesma altura (1,97 m), mas são de diferentes larguras para serem distribuídas nas paredes curvas de duas salas ovais. Nada foi deixado ao acaso pelo artista para este projeto que havia sido muito meditado e cuja instalação foi feita de acordo com a sua vontade, em conexão com o arquiteto Camille Lefèvre e com a ajuda de Clemenceau. 

O conjunto é uma das maiores realizações monumentais da pintura da primeira metade do século XX e representa uma superfície cerca de 200 m2. As dimensões e a área coberta pela pintura envolve e abrange o espectador a quase 100 metros lineares, onde se desenrola uma paisagem pontilhada com lírios de água, ramos de salgueiro e reflexões de árvores e nuvens, dando ao " ilusão de um conjunto sem fim, de uma onda sem horizonte e nenhum banco ", nas palavras de Monet.







Nimpheia - Museu Albertina em Viena







Nimpheias, Museu Albertina - Viena



V - Referências


Texto: 


Todo o texto desse post não é original, mas sim uma coletânea de vários artigos da wikipedia (francesa, inglesa, portugesa) sobre Claude Monet e também sobre alguns de seus quadros. A parte introdutória sobre impressionismo foi retirado do livro História da Arte de Graça Proença. O intuito desse post é a divulgação cultural da obra de Claude Monet. 


- História da Arte - Graça Proença

- Wikipedia Francesa

- Wikipedia - Portuguesa



 Fotos:  

Wikipedia


Locais para visitação:


- Museu d'Orsay, Paris
- Museu d'Orangerie, Paris
- Museu Marmottan, Paris
- Casa de Monet, Giverny, França


Um comentário:

  1. Ao ler este texto, parecia que eu estava sendo conduzida pelas galerias de um museu.Não entendo nada sobre a arte da pintura, mas ao ler essa página achei um bom começo nesse caminho que para eu, é desconhecido.

    ResponderExcluir